ContrataçõesFinanceiroNotícias

Com salários atrasados, Cruzeiro tem R$ 10,6 milhões retidos na justiça

Valores são referentes a venda de Giorgian de Arrascaeta para o Flamengo

Passando por problemas financeiros e atrasos de salário, o Cruzeiro vê um montante importante para amenizar a situação do clube, travado na justiça. Trata-se de uma parcela do valor pago pelo Flamengo ao time celeste referente a negociação do meia uruguaio Giorgian de Arrascaeta. O bloqueio de R$ 10,6 milhões se deu por uma execução fiscal da Fazenda Nacional.

Arrascaeta foi negociado em janeiro com o Flamengo numa transação polêmica, mas que rendeu um valor de R$ 55,3 milhões pela porcentagem que o Cruzeiro detinha sobre o atleta. Desse valor, mais de R$ 4 milhões foram pagos como comissão à empresa Link Assessoria, ligada ao empresário André Cury. O restante, R$ 51 milhões, seria pago ao Cruzeiro em três parcelas.

A primeira e maior delas, de R$ 29,7 milhões, foi depositada pelo Flamengo ainda em janeiro. A segunda, de R$ 10,6 milhões, foi paga em junho, mas nunca chegou a cair nos cofres celestes, ficando travada na justiça. A terceira será paga em dezembro. O valor desta é o mesmo da anterior: R$ 10,6 milhões.

Bloqueio

Segundo informações do Globoesporte.com “essa execução fiscal é movida pela Fazenda Nacional para garantir pagamento de créditos relativos ao Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. A ação corre na 27ª vara de Belo Horizonte e no Tribunal Federal da 1ª Região (TRF-1)”. O Flamengo afirmou ter depositado o valor em juízo, “nos autos da execução fiscal nº 00011701-13.2019.4.01.3800″.

Ainda, de acordo com o Flamengo, o valor penhorado não satisfaz a justiça. Portanto é possível que receitas futuras do Cruzeiro, incluindo a última parcela da compra de Arrascaeta, seja travada.

Com salários atrasados, o valor poderia ajudar o Cruzeiro a quitar, pelo menos, uma parte dos valores que deve. A situação do clube é crítica, pois, no momento, não existem estimativas de receitas para daqui até o fim do ano, da mesma forma que o time não tem dinheiro algum em caixa.

Veja também: Rodriguinho de volta: solução ou mais um problema para o Cruzeiro?

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar