ColunasPor onde anda

Por onde anda #3: Wallyson

Atacante se destacou na boa campanha do Brasileiro de 2010

Sabe aquele jogador que passou pelo seu time e deixou saudades (ou não)? Que protagonizou ou pelo menos participou de momentos importantes da história de seu clube, sejam eles bons ou ruins? Pois bem. O Mais Cruzeiro, com a coluna “Por onde anda”, irá relembrar alguns desses atletas que passaram pela Raposa. Toda segunda-feira iremos falar da trajetória do jogador no clube, fatos interessantes em sua carreira e por onde ele anda, atualmente.

Depois de destacarmos os marcantes Augusto Recife e Everton Maranguape, chegou a vez de falarmos de um atacante que viveu seu auge no Cruzeiro: Wallyson, que fez um ótimo ano de 2010 e era peça chave do saudoso “Barcelona das Américas”, em 2011.

Por onde anda #3: Wallyson, atacante ex-Cruzeiro
Crédito da foto: Reprodução/YouTube

Carreira

Nascido em Macaíba (RN), no dia 17 de outubro de 1988, Wallyson se encontra, hoje, com 30 anos. Revelado pelo ABC de Natal em 2005, “Wallygol” passou por alguns times tradicionais do futebol brasileiro, além do Cruzeiro, como São Paulo, Botafogo, Bahia e Vitória. Entretanto, ele nunca conseguiu repetir o sucesso que teve na Raposa. Ao todo, Wallyson jogou por 12 times durante sua carreira.

Cruzeiro

Durante o ano de 2010, o técnico Cuca chegou ao Cruzeiro e com ele alguns jogadores também vieram. No meio desses reforços, um jovem vindo do Athletico Paranaense chamou a atenção.

Jogando no Cruzeiro por três temporadas, Wallyson fez 84 jogos e 27 gols, sendo alguns muito bonitos, como esse golaço quase do meio-campo contra o Corinthians campeão brasileiro daquela edição, em 2011. O gol deu à Raposa a vitória por 1 a 0, quebrando a invencibilidade do Timão no torneio, que já durava 10 rodadas.

No ano de 2010, Wallyson fez 14 jogos, todos vindo do banco e marcou três gols. Porém, suas atuações já davam o indicativo que ele seria muito importante para a Raposa no ano seguinte.

Em 2011, o atacante viveu seu melhor momento na carreira. Fez 37 jogos, 31 como titular e marcou 17 tentos. Além disso, com sete gols, foi artilheiro da Libertadores e campeão mineiro de 2011. Após um primeiro semestre mágico, Wallyson sofreu uma fratura no tornozelo em agosto, e não jogou mais naquela temporada. Depois disso, o jogador nunca mais conseguiu desempenhar o mesmo desempenho do primeiro semestre. Antes da lesão,o jogador vinha sendo cotado, inclusive, para uma convocação à Seleção Brasileira.

No ano seguinte, Wallyson jogou em 36 oportunidades, sendo 18 como titular e 18 saindo do banco de reservas e marcou 7 gols. Assim como o Cruzeiro, o jogador não fez uma boa temporada. No fim do ano, o Cruzeiro comunicou que o atleta não fazia parte dos planos para 2013 e o contrato não foi renovado.

Dias atuais

Em maio de 2019, Wallyson acertou seu retorno ao ABC, clube que o revelou. O jogador jogou em oito oportunidades e marcou três gols, mas o time foi rebaixado à Série D.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar