ColunasTBT

TBT #2: Corinthians 1×2 Cruzeiro – Final da Copa do Brasil de 2018

Relembre essa página heróica e imortal que completa um ano hoje

Você sabe o que significa TBT? Não? TBT é a abreviação de throwback thursday, e é uma hashtag constantemente usada no Instagram. Às quintas, os usuários da rede social costumam postar fotos antigas usando #TBT, com o objetivo de recordar essas lembranças. Agora, o TBT estará presente no Mais Cruzeiro. Toda quinta-feira, iremos relembrar um jogo marcante da gloriosa história da Raposa.

No primeiro episódio, relembramos Flamengo 0x2 Cruzeiro, pela Libertadores de 2018. Agora, continuaremos nesse ano, mas para falar da decisão do título nacional cruzeirense. Curiosamente, nesta quinta (17), a épica final completa um ano que ocorreu.

No jogo de ida, a Raposa fez uma ótima atuação, criando muitas oportunidades de gols. Entretanto, só conseguiu sair do Mineirão com uma vantagem mínima de 1-0, após gol de Thiago Neves em cruzamento de Egídio. Para o segundo jogo, a expectativa era de que a soberania alvinegra na Arena Corinthians prevalecesse e o Timão tirasse a vantagem cruzeirense. Afinal, até o jogo, o Cruzeiro nunca havia vencido no estádio corinthiano.

O jogo

Sem Egídio, suspenso, Mano Menezes surpreendeu a todos e escalou o volante Lucas Romero na lateral-esquerda. Apesar disso, o Cruzeiro não sofreu muito durante o jogo, exceto em momentos isolados da partida. No final, a Raposa acabou vencendo por 2-1, em um jogo movimentado.

O primeiro gol

Aos 27 minutos do primeiro, Rafinha roubou uma bola na defesa do adversário e tocou para Barcos, que chutou da entrada da área e acertou a trave. No rebote, Robinho abriu o placar para os cruzeirenses.

TBT #2: Corinthians 1x2 Cruzeiro – Final da Copa do Brasil de 2018
Robinho e Barcos comemorando o gol – Créditos da foto: Ricardo Moreira/FotoArena

VAR em ação

Na altura, o árbitro de vídeo ainda não era figura frequente nos campos do Brasil, mas estava atuando na finalíssima. E foi polêmico.

Aos cinco minutos do segundo tempo, com auxílio da tecnologia, o juiz marcou contestada penalidade máxima de Thiago Neves em Ralf. Jadson deslocou Fábio e empatou o jogo.

TBT #2: Corinthians 1x2 Cruzeiro – Final da Copa do Brasil de 2018
Árbitro usou VAR em lances cruciais do jogo – Créditos da foto: Marcello Zambrana/AGIF

Com a igualdade, o Timão partiu pra cima e começou a pressionar o Cruzeiro. Com 24 minutos do segundo tempo, Pedrinho que havia acabado de entrar no jogo, acertou bonito chute e empatou o jogo. Entretanto, lá estava, mais uma vez, o VAR. Novamente de forma polêmica, a tecnologia interviu no lance e anulou o gol, alegando falta de Jadson em Dedé no início do lance. O anticlímax estava feito e a Arena Corinthians perdeu todo o fôlego que havia conseguido

O desafogo

Mais uma vez, Arrascaeta é personagem principal do TBT. Após amistosos pelo o Uruguai no Oriente Médio, dias antes do jogo, o jogador teve de voltar ao Brasil às pressas, em um jatinho fretado pelo clube. Já em campo, Arrascaeta foi mais uma vez letal. Em jogada de Raniel, no fim do jogo, o ex-camisa 10 deu uma linda cobertura em Cássio e fez 2-1 para a Raposa. Mais uma vez, o Brasil era azul e branco. O Cruzeiro se sagrava hexacampeão da Copa do Brasil.

Arrasca
Arrascaeta marca bonito gol – Créditos da foto: Lívia Villas-Boas/Staff Images

Final desequilibrada

Os dois times viviam momentos completamente distintos. O Cruzeiro contava com grandes nomes do futebol brasileiro e possuía um trabalho a longo prazo. Por sua vez, o Corinthians tinha um elenco contestado e um técnico que chegou no meio da temporada, Jair Ventura. Esses fatos fizeram com que o Cabuloso sobrasse no confronto geral. Tanto em casa como fora, a equipe azul foi extremamente superior aos paulistas e venceu os dois jogos com tranquilidade.

O Manismo mais uma vez se consagra

Contra as críticas pelo estilo de jogo, o time de Mano mais uma vez fez história. Com uma defesa sólida e um contra-ataque letal, o Cruzeiro, assim como em 2017, bateu gigantes do futebol e levou a taça da Copa do Brasil.

Ficha técnica

Local: Arena Corinthians (São Paulo – SP)
Data: 17 de outubro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Bruno Boschilia (FIFA-PR)
Gols: Jadson, aos 9’ do 2º tempo (Corinthians); Robinho, aos 28’ do 1º tempo e Arrascaeta, aos 37’ do 2º tempo (Cruzeiro)
Cartões amarelos: Fagner, Ralf, Gabriel, Jadson, Emerson Sheik e Clayson (Corinthians); Robinho, Thiago Neves e Rafinha (Cruzeiro)
Público: 45.978 pagantes – 46.571 total
Renda bruta: R$ 5.108.151,00

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Mateus Vital), Romero, Jadson, Emerson Sheik (Clayson); Jonathas (Pedrinho). Técnico: Jair Ventura.

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Lucas Romero; Henrique, Ariel Cabral, Thiago Neves (Lucas Silva), Robinho, Rafinha (Arrascaeta); Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

elenco
Elenco cruzeirense campeão nacional – Créditos da foto: Daniel Vorley/AGIF

Veja também: O gol mais emocionante da história do Cruzeiro

O gol mais emocionante da história do Cruzeiro

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar