Notícias

Thiago Neves volta a ser decisivo

O torcedor cruzeirense nem se lembrava mais como era comemorar uma vitória, mas o fato é que na última quarta-feira (16) ela finalmente veio, magra, mas veio. E o gol do triunfo saiu dele: Thiago Neves. Desde que chegou no clube em 2017, o jogador conquistou a torcida. Marcou seu primeiro gol logo contra o Atlético Mineiro e foi decisivo nas conquistas da Copa do Brasil de 2017 e 2018. Entretanto, a crise que atingiu o Cruzeiro afetou visivelmente o rendimento do jogador.

O camisa 10 já não entregava em campo o que a torcida esperava, dessa forma, em inúmeros jogos ele foi vaiado. Além disso, ele foi colocado no centro das polêmicas relacionadas a demissão de Rogério Ceni.

Na última terça-feira (15), durante coletiva de imprensa, o jogador esclareceu sobre o assunto. Ele afirmou que a culpa da demissão não foi dele, e que inclusive ele pediu desculpas ao técnico. Mas o fato é que a era Ceni foi curta e precisa ser deixada para trás.

Ainda na coletiva, o jogador deixou claro o seu desejo de voltar a ser decisivo e ajudar o Cruzeiro a se reerguer no Campeonato Brasileiro. E contra o São Paulo ele prometeu dedicação total. E ela veio.

Promessa é dívida

A equipe celeste fez um bom jogo. Não foi uma partida brilhante, mas foi eficiente. O Cruzeiro se mostrou ainda com muita dificuldade na hora de finalizar, mas por outro lado, pressionou o time paulista deixando pouco espaço. O primeiro tempo terminou 0 a 0 no Mineirão.

Logo no começo da segunda etapa, Thiago Neves mostrou que não estava para brincadeira e quase marcou, mas viu a bola ser defendida por Tiago Volpi. Já aos 12 minutos, o gol finalmente veio. O camisa 10 recebeu cruzamento de Marquinhos Gabriel e de cabeça marcou o tento que quebrou o jejum de oito jogos sem vitória do Cruzeiro.

A Raposa reforçou a marcação no meio de campo e conseguiu segurar o resultado até o apito final. Após a partida Thiago Neves declarou que esse foi um dos gols mais importantes de sua carreira.

Tabela

Com a vitória o Cruzeiro soma agora 25 pontos, mas ainda está na zona de rebaixamento. Um tropeço do Ceará, no fim de semana, e uma vitória celeste contra o Corinthians no sábado (19), podem tirar a equipe da degola.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar