AnálisesCategorias de base

Caio e Maurício servem para a Seleção sub-20 e não para o Cruzeiro; veja lances dos meias

Jogadores, de 18 anos, foram chamados para a principal Seleção de base do Brasil

O cruzeirense recebeu uma animadora notícia essa semana: dois de seus jogadores foram convocados para a Seleção Brasileira sub-20. Foram eles os meias Maurício, que já atua nos profissionais, e Caio, que ainda não subiu para o time principal do Cruzeiro. Entre as maiores promessas da base celeste, os jovens atletas, de 18 anos, foram premiados pelos excelente ano de 2019 que fizeram.

Mas, quando se olha para a notícia da convocação dos atletas, surge um questionamento na cabeça do cruzeirense: se são chamados para a Seleção sub-20, será que não são bons o suficiente para o time principal do Cruzeiro?

Veja lances de Caio Rosa:

Bom, pelo jeito não. Pois Caio nem sequer subiu para o time principal e Maurício parece ter perdido prestígio após entrar bem nas partidas e marcar seu primeiro gol com a camisa azul. Claro, existe toda a questão de não queimar etapas e jovens jogadores, além da experiência. Mas a baixa utilização dos atletas se torna inexplicável quando nomes como Ezequiel, que demonstrou zero capacidade, e David, que faz um jogo bom a cada 20 jogados e perde caminhões de gols, são os escolhidos para jogar.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1194317188825522179

Diversos jogadores de times do Brasileirão tem idades baixas e se destacam mesmo assim. Talles Magno, do Vasco, tem 17 anos; Reinier, do Flamengo também; João Pedro, do Fluminense, idem. Na casa dos 18 anos tem os destaques Rodrygo, titular do Santos antes de se transferir ao Real Madrid, o atacante Lincoln, que já balançou as redes pelo Flamengo; Bruno Gomes, volante do Vasco. Antony, do São Paulo e Lucas Halter, do Athletico, tem 19, cada. No próprio Cruzeiro, Cacá e Éderson, ambos de 20 anos, têm jogado como “gente grande”.

Jogadores jovens, hoje, não são sinônimo de incerteza. Claro que tem de se ter paciência, mas muitos conseguem vestir a camisa e entregar mais que os medalhões. Se seu time e jogadores vêm bem, realmente não se justifica queimar etapas com jovens. Mas priorizar medalhões ou jogadores que chegam de outros times e não entregam nada é um grande erro.

Veja lances de Maurício:

Ainda não se sabe onde Maurício e Caio podem chegar, mas que atualmente entregariam mais que Ezequiel e companhia, ah isso é claro. Cacá e Éderson estão aí para provar.

Veja também: O que o Cruzeiro ganha com a permanência de Maurício e Orejuela?

Os 23 convocados para a Seleção Brasileira sub-20:

GOLEIROS
Adriel (Grêmio)
Lucão (Vasco)
Matheus (São Paulo)

LATERAIS-DIREITOS
Khellven (Athletico)
Ramon (Palmeiras)

ZAGUEIROS
Igor (Barcelona – Espanha)
Kaique (Sampdoria – Itália)
Luan (Fluminense)
Morato (Benfica – Portugal)

LATERAIS-ESQUERDOS
Luan (RB Leipzig – Alemanha)
Ramon (Flamengo)

MEIO-CAMPISTAS
André (Fluminense)
Caio Rosa (Cruzeiro)
Ed Carlos (São Paulo)
Fernando (Grêmio)
Gomes (Flamengo)
Maurício (Cruzeiro)

ATACANTES
Felipe Estrella (Roma – Itália)
Gabriel Pec (Vasco)
Gui Azevedo (Grêmio)
Luis Phelipe (Liefering – Áustria)
Oliver (Bayern München – Alemanha)
Yuri Alberto (Santos)

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar