AvaliaçõesCampeonato Brasileiro

Avaliações: veja as notas dos jogadores do Cruzeiro na derrota para o Santos

Em partida catastrófica, ninguém se salva

Veja agora as avaliações e notas dos jogadores do Cruzeiro na derrota por 4 a 1 para o Santos, na Vila Belmiro, na noite deste sábado (23). As notas vão de 0 a 10.

Fábio – 3.5

Quando até o goleiro azul vai mal, você pode imaginar o que aconteceu. Inseguro, o camisa 1 protagonizou lances bizarros e erros bobos que não costuma fazer. Além disso, falhou no tento de Pituca.

Orejuela – 5

O menos pior, mas só porque fez o gol do Cruzeiro. No geral, também fez uma má partida.

Fabrício Bruno – 3.5

Assim como toda a defesa, fez um jogo pra se esquecer.

Cacá – 3.5

Talvez tenha sido a pior atuação do jovem desde que se tornou titular. Junto com a linha defensiva celeste, protagonizou lances extremamente bizarros.

Egídio – 2.5

Mais uma vez, terrível. O campeonato do camisa 6 é algo triste. No jogo de hoje, foi uma mina de ouro para o Peixe e três gols saíram de lá.

Henrique – 4

Como sempre, foi aguerrido, mas deixou a desejar na parte técnica e tática. Contudo, não foi o principal vilão da noite.

Éderson – 4

Após bons jogos, o jovem volante caiu de rendimento. Entretanto, hoje, assim como Henrique, passou despercebido por conta das demais atuações patéticas.

Robinho – 0,5

Vergonhoso. Pífio. Bizarro. Medíocre. Horroroso. Esses adjetivos definem bem o que foi o jogo do meia. Além de toda a apatia, falta de entrega, forma física ruim, o camisa 19 ainda perdeu um gol que poderia colocar o Cruzeiro à frente no placar quando ainda estava 1 a 1. Todavia, ele desperdiçou a chance e o Santos virou logo na sequência.

(Ezequiel) – 2.5

Mais uma vez, deprimente. Um desserviço de Rogério Ceni ao Cruzeiro.

Thiago Neves – 3

Apesar de alguns bons lances no primeiro tempo, também foi muito mal. Sumido, apático e com muitos erros técnicos, Neves passou longe de agregar ao time.

(Marquinhos Gabriel) – sem nota

Entrou no fim do segundo tempo e nem teve oportunidade de participar, efetivamente, do duelo.

David – 2

Atuação, mais uma vez, horrível do ponta. Aliás, o último gol de David foi no Campeonato Mineiro, isso diz um pouco sobre ele.

Sassá – 2

Quando joga Fred, a torcida quer Sassá. Mas quando ganha oportunidade, o camisa 99 faz a nação azul repensar sobre isso. Muito mais preocupado em dar trombadas, Sassá não produziu absolutamente nada enquanto esteve em campo.

(Joel) – 4

Apesar de não ter feito muita coisa, já consegui ser melhor. Talvez comece a ganhar mais oportunidades nos jogos seguintes.

Abel Braga – 3

O Cruzeiro fez um bom primeiro tempo, mas voltou mal para a etapa final. Ademais, assim que sofreu a virada, o time desabou, se abriu e foi goleado. O técnico azul não conseguiu estruturar a equipe minimamente e foi um dos grandes responsáveis pelo vexame.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar