Início Transferências Dos seis laterais-esquerdos do Cruzeiro no ano, somente um segue no clube

Dos seis laterais-esquerdos do Cruzeiro no ano, somente um segue no clube

Em grave momento financeiro e em sua primeira temporada na segunda divisão nacional na história, o Cruzeiro precisou reformular seu elenco em grande escala de 2019 para 2020. Além disso, a troca de técnicos feita já nessa temporada acabou redefinindo alguns lugares no elenco. Por essas, a Raposa precisou apostar em diversos atletas, encontrando problemas em algumas posições específicas, onde uma delas chamou a atenção: a lateral esquerda.

Após a saída de Egídio e o litígio com Dodô, jogadores da posição no ano passado, o Cruzeiro passou a procurar um novo titular para lateral esquerda, tarefa que não tem sido fácil até então. A Raposa já teve nada menos que seis alas esquerdos em seu elenco na temporada, com grande parte deles tendo tremendo insucesso.

Prova disso é que dos seis jogadores da posição que estiveram no clube em 2020, somente um permanece a disposição do treinador Enderson Moreira. Dentre os que já deixaram clube estão Rafael Santos, lateral da base que não agradou e foi emprestado para a Chapecoense, onde é reserva, e Marcelo Hermes, que voltou ao clube após um empréstimo, foi reintegrado ao elenco, mas não teve oportunidades e se transferiu para o Marítimo de Portugal.

Outros três jogadores da posição treinam separados do elenco. Se tratam de Patrick Brey, que negocia sua saída para o exterior, além de João Lucas e Giovanni, muito criticados, tendo se dado a notícia do afastamento de ambos nesta tarde.

O remanescente

E dos seis jogadores da função, o único que restou é Matheus Pereira, cria da base celeste, que ganhou a posição na partida contra o América-MG, quando fez sua estreia profissional ao entrar no segundo tempo. Depois disso, o jogador foi titular na partida contra o Brasil de Pelotas, e será também no jogo contra o CRB, que acontecerá nesta segunda-feira (2).

Cria da base celeste, Matheus Pereira vem ganhando espaço no time – Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Este fato levanta uma preocupação com o planejamento de elenco celeste, visto que de seis jogadores que o Cruzeiro, em condições financeiras precárias, pagou o salário em boa parte do ano. Além disso Matheus Pereira restou já fazia parte do time, sendo originário da base celeste, mas foi o último a receber oportunidade de atuar.

Informações constam que o Cruzeiro segue no mercado buscando mais um jogador para a posição. Enquanto esse nome não chega, o time celeste conta somente com o jovem Matheus Pereira, além do lateral-direito Daniel Guedes, que pode fazer a função.

Veja também: Cruzeiro já contratou 20 atletas em 2020; com retornos número sobe para 25

Deixe seu comentário
Deixe seu comentário