Início Notícias Felipão muda de ideia e não será o novo treinador do Cruzeiro

Felipão muda de ideia e não será o novo treinador do Cruzeiro

Após recusa de Lisca Doido, que preferiu continuar no América-MG, as expectativas de que Felipão fosse confirmado como novo treinador do Cruzeiro aumentaram, com notícias que o histórico treinador do Penta da Seleção Brasileira assumisse o Cruzeiro para o restante da temporada. Mas de acordo com o repórter Samuel Venâncio, da Rádio Itatiaia, Luiz Felipe Scolari teria voltado atrás e desistido de assumir qualquer clube no momento.

De acordo com informações, Felipão era o segundo nome da lista de prioridades da diretoria do Cruzeiro para assumir a Raposa, atrás de Lisca. Nos últimos dias ainda surgiram informações de que Luiz Felipe Scolari tinha se colocado a disposição do clube celeste após a demissão de Enderson Moreira, mas que seu perfil não era aquele procurado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues. Mas a informação não foi confirmada por nenhuma das partes.

Após a demissão de Ney Franco, no início da noite de ontem, o nome de Felipão voltou a surgir com força no Cruzeiro, mas o que se viu foram esforços da diretoria voltados na busca por Lisca, empregado no rival América-MG.

Ainda não se sabe o motivo da mudança de ideia de Felipão e nem se tem a ver com ter sido deixado como “segunda opção” pela diretoria. Dado como quase certa na manhã desta segunda (12), a chegada do “treinador do Penta” seria dentro da realidade financeira do Cruzeiro, com a vontade do técnico de assumir o clube prevalecendo frente aos números.

Veja também: O Cruzeiro já utilizou 51 jogadores diferentes em 2020; por outro lado, só fez 38 gols

Deixe seu comentário
Deixe seu comentário