Início Análises Já regularizado, Giovanni Piccolomo ainda não estreou pelo Cruzeiro

Já regularizado, Giovanni Piccolomo ainda não estreou pelo Cruzeiro

Uma das contrações marcadas pelo “Transfer Ban”, punição aplicada pela Fifa ao Cruzeiro pela dívida na compra do atacante Willian, em 2014, e que impossibilitava a Raposa de registrar novos jogadores, Giovanni Piccolomo, ainda não estreou pela equipe. Um fato curioso é que o jogador foi o único dos que estiveram inelegíveis a permanecer no time celeste e ainda assim não recebeu nenhuma chance com Felipão.

Contratado há cerca de dois meses, na última quinzena de setembro, com o Cruzeiro ainda sob o comando de Ney Franco, o jogador foi impossibilitado de atuar por causa da punição e passou pouco mais de um mês apenas treinando. Mas com a chegada de Felipão, o time celeste quitou os débitos na Fifa e pôde voltar a inscrever atletas.

Dentre os jogadores que haviam chegado durante a punição, Iván Angulo, Matheus Índio e o próprio Giovanni, Felipão decidiu que inscreveria somente um deles, o último citado.

Com problemas na criação de jogadas e tendo que improvisar jogadores no setor de meio-campo, ficou a expectativa do jogador, regularizado no final de outubro, estrear. Mas ainda assim, Giovanni Piccolomo passou a ser opção de banco, e tão somente isso, desde que seu nome apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, no início de novembro.

Podendo atuar como armador e também um pouco mais recuado no meio de campo, Giovanni Piccolomo, dono da camisa 94 do Cruzeiro, parece ainda não ter convencido Felipão de que merece uma chance e isso acaba aguçando a curiosidade do torcedor, que ainda não sabe seu o meio-campista poderá ajudar.

Carreira de Giovanni Piccolomo

Giovanni foi revelado pelo Corinthians em 2012, surgindo como grande promessa, mas demorou a vingar, tendo passado por muitos empréstimos. Foi cedido pelo clube paulista para Ponte Preta, Portuguesa, São Bento, Athletico Paranaense e Tigres do Brasil-RJ, até seu contrato com o Timão expirar.

A partir daí recomeçou sua carreira no São Bento, passando por Náutico e Goiás até chegar ao Coritiba, no início de 2019. O jogador também tem passagens pelas Seleções Brasileiras de base.

O jogador começou a jogar com um meia-atacante, mas em suas últimas passagens, por Goiás e Coritiba, foi recuado, atuando como um terceiro homem de meio. O jogador pode ser importante para uma melhora na criação do Cruzeiro, um dos pontos fracos do time.

Nome completo: Giovanni Piccolomo
Nascimento: 04/04/1994 (Sorocaba-SP)
Posição: Meio-campo
Carreira: Corinthians (2011-2013), Ponte Preta (2013), Portuguesa (2014), São Bento-SP (2015), Athletico-PR (2015), Tigres do Brasil-RJ (2016), São Bento-SP (2016-2017), Náutico (2017), Goiás (2018), Coritiba (2019-2020) e Cruzeiro (desde 10/2020)
Títulos: Mundial de Clubes (2013), Campeonato Paulista (2013) e Campeonato Goiano (2018)

Veja também: Arthur Caíke, Pottker e Sóbis brigam por vaga no ataque do Cruzeiro; quem deve jogar?

Deixe seu comentário
Deixe seu comentário