Início Notícias Hora de dar tchau: Jadsom Silva entra na justiça contra o Cruzeiro...

Hora de dar tchau: Jadsom Silva entra na justiça contra o Cruzeiro e Arthur Caíke vai para o Japão

O final de temporada do Cruzeiro, que parecia se encaminhar para um final sem grandes emoções, se tornou uma gigantesca bola de neve que parece não ter onde parar. E nesta terça-feira (12), dois jogadores encaminharam seu futuro para bem longe da Raposa: Jadsom Silva cumpriu as expectativas e entrou na justiça contra o time celeste solicitando a rescisão de seu contrato por causa de salários atrasados. Já Arthur Caíke, que tinha sua saída encaminhada para o final da Série B, adiantou sua partida e rumou ao futebol japonês.

Jadsom Silva, volante vindo das categorias de base do Cruzeiro, entrou na justiça exigindo sua rescisão de contrato com a Raposa baseado nos atrasos salariais do time mineiro. O jogador já havia faltado no treinamento de ontem (11) e também no desta terça-feira (12). A primeira liminar do jogador contra o clube foi negada mas esse tipo de situação é considerada como “causa ganha” para o atleta.

Já Arthur Caíke, que já se sabia que iria deixar o clube, foi anunciado no Kashima Antlers do Japão, deixando o Cruzeiro antes do planejado. Era esperado que o atleta ficasse na Raposa até o fim da Série B.

Jogadores não se concentram

Insatisfeitos com os atrasos salariais no time celeste, os jogadores da Raposa não se concentraram para a partida contra o Oeste, em forma de protesto. Segundo os atletas, a decisão é para enviar um recado à diretoria do Cruzeiro e não implicará em como os atletas disputarão o confronto. Felipão entendeu a situação e apenas pediu aos jogadores que não cometam excessos durante o tempo em casa.

Veja também: Insatisfeitos com atrasos salariais, jogadores do Cruzeiro não se concentram para enfrentar Oeste

Deixe seu comentário
Deixe seu comentário