Eddie Hearn Proclama Joshua o Rei dos Pesos-Pesados

Eddie Hearn Proclama Joshua o Rei dos Pesos-Pesados

O promotor Eddie Hearn afirmou que a vitória de Anthony Joshua sobre Francis Ngannou “causou impacto em todo o mundo” com seu nocaute no segundo round sobre o ex-campeão dos pesos-pesados do UFC em Riade, Arábia Saudita.

É compreensível que Hearn esteja distribuindo elogios exagerados para Joshua, de 34 anos. Recentemente, após sua segunda derrota para Oleksandr Usyk, o público do boxe o considerava mentalmente acabado. Graças à orientação cuidadosa de seu promotor Hearn, Joshua retornou e restaurou sua credibilidade. Hearn diz que a vitória de AJ sobre Ngannou foi o melhor nocaute desde o “nascimento do boxe”, o que é um grande elogio. AJ ainda precisa vencer o ganhador da luta entre Tyson Fury e Oleksandr Usyk para se tornar o rei da divisão dos pesos-pesados. Mas até lá, ele é inquestionavelmente o peso-pesado mais popular, o que financeiramente é o que realmente importa.

“Uma performance que causou impacto em todo o mundo como o peso-pesado #1 do planeta exibiu ferocidade e estrelato”, disse o promotor Eddie Hearn à iFL TV sobre a vitória de Anthony Joshua sobre Francis Ngannou na última sexta-feira à noite. “Alguns dizem nocaute do ano. Eu digo nocaute desde o nascimento do boxe. Eu achava que nós o deteríamos, mas pensei que viria um pouco mais tarde. Foi uma grande performance. O retorno de Anthony Joshua é inacreditável. Estou falando do retorno mental.”

Sempre soubemos que Joshua nunca sofreu mentalmente ao enfrentar oponentes vencíveis. Ele lutou para lidar com adversidades contra Usyk e Andy Ruiz. Ele se desmoronou contra ambos os pesos-pesados, perdendo em performances decepcionantes. “Estou falando do retorno das críticas. Estou falando do retorno à forma. Ele deveria se aposentar agora, ou é o melhor peso-pesado do mundo? É um dos dois”, disse Hearn sobre Joshua.

Domingos Castro