Eliminação precoce do Brasil na Copa América gera revolta; vídeo derrotista da CBF é atacado

Eliminação precoce do Brasil na Copa América gera revolta; vídeo derrotista da CBF é atacado

A eliminação precoce do Brasil na Copa América, após a derrota para o Uruguai nas quartas de final do último domingo, continua gerando revolta e repercussão negativa entre aqueles que mais se importam: os torcedores e a mídia. A situação, que já estava ruim, acaba de se agravar com a divulgação de um vídeo motivacional pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nas redes sociais, o qual vem sendo amplamente criticado.

Veja o vídeo:

Narizes torcidos

Assim como o vídeo de estreia, a produção capricha na edição de imagens e no texto emocionado. Apesar disso, o tom é derrotista: o discurso é mesmo sobre o quão comum é perder e fracassar, e que dias melhores virão.

Como era de se esperar, a mídia especializada e o público vem reagindo de maneira enérgica ao vídeo, considerado uma vergonha por muitos. O apresentador Thiago Asmar, o “Pilhado”, da Jovem Pan, foi um dos primeiros a expressar indignação, afirmando:

 “A CBF divulgou um vídeo em que parece que o Brasil foi campeão da Copa América. Esse vídeo é a piada do século. É a nota mais patética que eu já li na minha vida.” 

Sem dúvidas a sensação que fica é que a publicação seria uma tentativa mal-sucedida de mascarar o fracasso da equipe.

Ninguém segura este bebê

Dorival Júnior, técnico da seleção e responsável pela derrota, também está sob forte pressão. A eliminação antes da hora pegou mal, e vídeos mostrando a falta de entrosamento entre treinadora e os jogadores ganharam ampla circulação na internet, alimentando ainda mais as críticas. 

Apesar disso, fontes afirmam que deseja continuar na missão, demonstrando confiança em seu trabalho. O que em nada acalmou os ânimos, com muitos questionando sua capacidade de liderar a equipe.

Endrick bufou na farofa

O posicionamento de Endrick no pós-jogo também vem repercutindo bastante. Triste com a derrota, desabafou: 

“Para mim, foi uma honra enorme poder estar com um grupo desse, em que teve muito trabalho, profissionalismo e entrega […] Fico triste, é um sentimento não só nosso, mas de todos os brasileiros, porque é difícil ser eliminado, ainda mais nos pênaltis. É seguir com a cabeça em pé, é difícil demais, mas é o que a gente precisa fazer, porque queremos colocar o Brasil no topo de novo, mas infelizmente não está sendo desta vez”.

Sua fala, porém, foi vista como absurda por alguns, que consideraram que ele parecia ver a honra de jogar pela seleção como um favor, contrastando com a glória que a camisa da seleção já representou.

Ney de Chororô

Quem também sofreu com a eliminação foi sumária foi Neymar. O jornalista Léo Dias publicou com exclusividade um registro no qual Ney foi flagrado chorando em uma boate no momento da eliminação do Brasil, ao ser noticiado do fato. Emotivo, o fato não passou despercebido, adicionando mais um capítulo às críticas e à insatisfação generalizada com o desempenho da seleção na competição continental.

Veja o registro:

Acompanhe a Seleção Brasileira no X (antigo Twitter):

Henrique Costa