Ai Papai! Escolhido por votação popular, Galã do Brasileirão joga no Cruzeiro

Ai Papai! Escolhido por votação popular, Galã do Brasileirão joga no Cruzeiro

O volante Lucas Silva, do Cruzeiro, foi eleito o galã do Campeonato Brasileiro 2024 em uma votação virtual bastante disputada. A eleição, promovida pelo site gshow, consagrou o jogador mineiro como o favorito dos torcedores, que lhe conferiram nada menos do que 41,05% dos votos.

Top 3 com Plot Twist

O processo de  votação, que contou com reviravoltas até os últimos isntantes, envolveu outros 19 atletas. Léo Jardim, goleiro do Vasco, ficou em segundo lugar com 20,32% dos votos, seguido por Pedro Raul, atacante do Corinthians, com 12,57%. Pedro Raul, aliás, havia sido eleito o galã do Brasileirão no ano anterior, quando jogava pelo Vasco. Ryan, do Bahia, que liderou a enquete no sábado (13), terminou em quarto com 10,03%.

Cantada ou assédio?

Lucas Silva, além de ser considerado galã, já revelou em entrevistas anteriores que frequentemente recebe “nudes” de mulheres em suas redes sociais. Segundo ele, o volume de imagens recebidas varia, aumentando significativamente após grandes vitórias, como a conquista da Série B pelo Cruzeiro. Solteiro, Lucas também confessou ter um crush na cantora Ana Castela, destacando-se por seus 1,81m de altura e 81kg, atributos que contribuem para seu status de galã.

A carreira de Lucas Silva inclui passagens importantes, como sua transferência para o Real Madrid em 2015. Apesar de não ter tido muito sucesso no clube espanhol, onde passou por vários empréstimos, Lucas retornou ao Brasil e reassumiu sua posição no Cruzeiro, onde continua a brilhar tanto dentro quanto fora de campo.

Besteirol que engaja

A popularidade e o bom humor do futebol brasileiro tornam processos de votação como esses, de eleger o atleta mais sensual, divertidos e populares entre os torcedores. Além do desempenho técnico, a boa forma física e o charme dos atletas em campo são aspectos que não passam batidos, chamando a atenção do público e adicionando um toque de leveza e descontração ao esporte.

Henrique Costa