Endrick de escanteio: Críticas a Dorival aumenteam após empate do Brasil na Copa América

Endrick de escanteio: Críticas a Dorival aumenteam após empate do Brasil na Copa América

Deu ruim! A ausência persistente de Endrick nas escalações de Dorival Júnior foi novamente sentida pelos torcedores, que apontaram essa lacuna como um fator determinante no empate insosso da noite passada, de Brasil e Colômbia. As críticas se intensificaram após mais uma partida em que o jovem artilheiro não teve oportunidades significativas de mostrar seu potencial.

Brasil x Colômbia

No confronto contra a Colômbia pela Copa América, o Brasil enfrentou dificuldades para impor seu jogo e acabou empatando em 1 a 1. O gol de empate colombiano no segundo tempo evidenciou as fragilidades defensivas da equipe brasileira, que não conseguiu manter a liderança obtida na primeira etapa. O gol brasileiro aconteceu aos 12 minutos, por obra de Raphinha.

Ninguém gostou 

Na ESPN, Calçado fez uma crítica contundente sobre a situação: 

“Se é para levar o Endrick e colocar aos 85 minutos, não deveria levá-lo. Não há necessidade.”

 A declaração repercutiu no Twitter, onde diversos usuários expressaram frustração com a gestão de Dorival e a falta de oportunidades dadas ao mais novo membro do elenco do Real Madrid. FanaticoFute disse: “Dorival está desperdiçando um talento como o Endrick. O Brasil precisa de mais ousadia na escalação!” Já FutebolOpinativo comentou: “Não entendo a teimosia de Dorival em não aproveitar Endrick desde o início. Precisamos de mudanças!”

Críticas e mais críticas

Casagrande e Renato Maurício Prado, em suas análises para o UOL, não economizaram nas críticas à decisão de Dorival de manter o jovem fora das principais ações da Seleção. Casagrande manifestou decepção com o desempenho da equipe, enfatizando que a falta de utilização de Endrick está minando o brilho do jovem jogador:

 “Estou muito decepcionado com a seleção e com a gestão de Dorival. O Endrick chegou com brilho, fazendo gols decisivos, e agora está sendo deixado de lado. Isso é um erro que pode custar caro para nossa campanha na Copa América.”

RMP sugeriu que Abel Ferreira deveria ser considerado para o cargo de técnico da seleção brasileira, argumentando que sua abordagem poderia ser mais eficaz para extrair o melhor desempenho de Endrick e de toda a equipe.

Acompanhe novidades da Canarinho no X (antigo Twitter):

Henrique Costa