Fundo do poço: FLU lida com chegadas e partidas, mas fracasso é iminente

Fundo do poço: FLU lida com chegadas e partidas, mas fracasso é iminente

Quem diria! Apesar de um 2023 glorioso, no qual se destacou com grandes feitos, o ano de 2024 do Fluminense vai de mal a pior. A má fase se instaurou no clube carioca, e até agora não mostrou sinais de melhora. O time, que ainda agorinha era sinônimo de vitórias e boas atuações, agora se encontra em uma situação alarmante, resultado direto da pressão e de uma má entrega nesta temporada.

Alô, Série B

Os números da atual fase ruim são preocupantes e indicam um possível rebaixamento, algo inimaginável considerando o desempenho do ano passado. Após 12 rodadas no Campeonato Brasileiro, o Fluminense somou apenas 6 pontos, resultado de 8 derrotas, deixando o clube na última posição da tabela e na zona de rebaixamento. Comparado ao sucesso de 2023, a queda de rendimento é evidente e alarmante.

Vem pra cá, Marcão

Com a saída de Fernando Diniz, Marcão assumiu o comando técnico do Fluminense. Sua contratação traz a difícil missão de tirar o time da lanterna e afastar o fantasma do rebaixamento, na hora do desespero, qualquer reação já ajuda. 

O técnico interino destacou a importância das cobranças mútuas entre os jogadores no vestiário e está tentando implementar um estilo de jogo mais vertical, diferente do modelo apoiado e posicional que agradou em 2023, mas que deixou de funcionar este ano. Apesar disso, fracassou em sua estreia no Maracanã, onde o time das laranjeiras perdeu de 1 x 0 para o Vitória, na noite de ontem.

Onde anda você?

Demitido por incapacidade de apresentar resultados, Fernando Diniz lida com o ócio. Quem anteriormente era celebrado, e chegou a acumular dois vínculos profissionais – com o Fluminense e a Seleção Brasileira –, agora busca tempo para descansar e se recuperar. 

Após sua demissão, Diniz decidiu não assumir um novo trabalho em curto prazo e pretende aproveitar o mês de julho para viajar com a família. Afirmou estar profundamente abalado pela saída do Fluminense e expressou seu desejo de não pensar em trabalho no momento, mesmo com especulações ligando-o a outros clubes, como o Corinthians.

Diniz pode curtir suas férias forçadas com tranquilidade, afinal,football-flamengo-cruzeiro-20240630 de cair para a Segunda Divisão não lhe pertence mais.

Fique ligado nas novidades do FLU pelo X (antigo Twitter):

Henrique Costa